VALORIZAR E REJUVENESCER A PROFISSÃO; POR UMA EDUCAÇÃO COM FUTURO.   A luta Continua!

Notícias

Greve e Manifestação da Administração Pública no dia 31 de janeiro

Caros Colegas Os Educadores e Professores, como corpo Especial da Administração Pública, devem estar presentes na Manifestação de toda a Administração Pública e na adesão à greve, no dia 31 de Janeiro, na defesa intransigente dos nossos direitos que têm sido fortemente atropelados.   Valorização e dignificação efetiva da Carreira Docente por forma a incentivar […]

Ler Artigo Completo

Valorizar e rejuvenescer a profissão; por uma Educação com futuro

Manifestação Nacional – Dia Mundial do Professor   MOÇÃO   “Valorizar e rejuvenescer a profissão; por uma Educação com futuro”   Em 5 de outubro de 2019, Dia Mundial do Professor, professores e educadores saíram, mais uma vez, à rua para celebrar a profissão de Professor. Mas saíram, também, para reafirmar as suas legítimas e […]

Ler Artigo Completo

Manifestação Nacional de Professores em 5 de outubro não é ilegal

No Dia Mundial do Professor, docentes sairão à rua para celebrar a profissão e reafirmar a necessidade da sua valorização   As organizações sindicais de docentes – ASPL, FENPROF, FNE, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE, SIPPEB e SPLIU – registam muito positivamente a posição que a Comissão Nacional de Eleições (CNE) tornou pública, a propósito […]

Ler Artigo Completo

A luta continua também pela via administrativa e jurídica

Colega, Os professores não irão parar a luta pela recuperação integral do tempo de serviço que cumpriram (na carreira ou, por opção, na aposentação) porque esse tempo é seu, tendo-o cumprido a trabalhar. Neste momento em que a legislatura se aproxima do final, deixando de haver interlocutor negocial, a nossa luta deverá ganhar maior expressão […]

Ler Artigo Completo

A luta dos Professores vai continuar!

Comícios da Indignação destacarão exigências de recuperação integral do tempo de serviço e regime específico de aposentação   Será uma semana de Campanha pela Dignidade Profissional Docente, durante a qual serão realizados 5 Comícios da Indignação: Porto, Faro, Lisboa, Évora e Coimbra. Nestes comícios os docentes manifestarão publicamente a sua indignação por, praticamente em final de mais uma […]

Ler Artigo Completo

TOMADA DE POSIÇÃO DOS PROFESSORES E EDUCADORES PRESENTES, EM 16 DE ABRIL, JUNTO À ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

Os professores e educadores presentes junto à Assembleia da República em 16 de abril de 2019, onde assistiram ao debate realizado no âmbito das apreciações parlamentares ao Decreto-Lei n.º 36/2019: – Saúdam os grupos parlamentares que apresentaram e defenderam propostas que visam consagrar na legislação, de forma explícita, a recuperação total do tempo de serviço […]

Ler Artigo Completo

Docentes, enquanto aguardam o resultado da Apreciação Parlamentar do decreto que lhes rouba mais de 6,5 anos de tempo de serviço cumprido, já prepararam o prosseguimento da luta

As organizações sindicais de docentes ASPL, FENPROF, FNE, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE, SIPPEB e SPLIU promoveram uma consulta sobre as formas de luta a desenvolver pelos professores, caso todo o seu tempo de serviço, incluindo o cumprido nos períodos de congelamento, não seja recuperado. Foram também formuladas duas questões sobre as posições sindicais neste […]

Ler Artigo Completo

FACE À INTRANSIGÊNCIA DO GOVERNO, VAMOS CONTINUAR A LUTA!

Os professores e educadores, com os seus sindicatos, não vão baixar os braços e lutarão pela recuperação total do tempo de serviço que cumpriram. Para isso esperamos uma forte participação dos Educadores e Professores na Manifestação Nacional para forçar a resolução desta situação e contra o roubo de seis anos e meio do tempo de […]

Ler Artigo Completo

Professores e Educadores exigiram início das negociações para recuperação integral do tempo de serviço

MOÇÃO   PROFESSORES EXIGEM A RECUPERAÇÃO DE TODO O TEMPO DE SERVIÇO CUMPRIDO, O INÍCIO DA NEGOCIAÇÃO SOBRE PRAZO E MODO DE O RECUPERAR E SOLUÇÕES PARA OUTROS PROBLEMAS QUE AFETAM AS SUAS CONDIÇÕES DE TRABALHO   O Estado Português deve aos professores e educadores do continente, para efeitos de carreira, 9 anos, 4 meses […]

Ler Artigo Completo