5 de outubro, Dia Mundial do Professor – Manifestação Nacional em Lisboa – A luta continua!

Organizações Sindicais de docentes preparam a Manifestação do Dia Mundial do Professor

Organizações Sindicais de docentes preparam a Manifestação do Dia Mundial do Professor

As organizações sindicais de docentes – ASPL, FENPROF, FNE, PRÓ-ORDEM, SEPLEU, SINAPE, SINDEP, SIPE, SIPPEB e SPLIU – reuniram esta segunda-feira para avaliar as condições de abertura do ano letivo e definir o formato da Manifestação Nacional que terá lugar no próximo dia 5 de outubro, Dia Mundial do Professor.

 

Nesta reunião, as organizações sindicais definiram, ainda, as dez bandeiras de luta e as principais reivindicações dos professores para a próxima legislatura: a recomposição da carreira, a recuperação integral do tempo de serviço, o urgente rejuvenescimento da profissão docente, um regime específico de aposentação, a eliminação da precariedade na profissão, concursos mais justos, menos alunos por turma, horários de trabalho legais, uma gestão democrática das escolas e contra o processo de municipalização da educação.

 

No que respeita aos horários de trabalho e à greve ao sobretrabalho,  as organizações sindicais anunciaram que ainda é difícil perceber se existem irregularidades nos horários dos professores para o próximo ano, mas garantem que, a verificarem-se quaisquer ilegalidades, todas as situações serão denunciadas ao ministério, conforme solicitado pelo Secretário de Estado da Educação. Se esses problemas não forem resolvidos, as organizações sindicais avançarão com o pré-aviso de greve ao sobretrabalho logo no dia 7 de outubro.