Convocada greve a todas as atividades que constituem abusos e ilegalidades nos horários dos professores-ORGANIZAÇÕES SINDICAIS DE DOCENTES ENTREGAM HOJE, NO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, OS PRIMEIROS PRÉ-AVISOS DA GREVE QUE SE INICIARÁ EM 29 DE OUTUBRO-DECLARAÇÃO DOS SINDICATOS SOBRE A GREVE DOS PROFESSORES PREVISTA PARA SE INICIAR EM 15 DE OUTUBRO-Organizações sindicais de professores pedem reuniões aos grupos parlamentares-Organizações sindicais entregaram, hoje, pré-aviso de greve de 15 de outubro a 31 de dezembro-Sindicatos de docentes são hoje recebidos pelo Senhor Presidente da República-Manifestação Nacional no Dia Mundial do Professor-Dia Mundial do Professor-GREVE DOS PROFESSORES ARRANCA EM FORÇA-Greve de 1 a 4 de outubro

Comunicado sobre a Reunião Negocial de 19/12

Comunicado sobre a Reunião Negocial de 19/12

Comunicado

 

Foram entregues hoje, dia 19, às sete horas e trinta e sete minutos, os gráficos que o ME prometeu enviar na última reunião de 15 de Dezembro, razão pela qual não nos pronunciámos sobre o documento na reunião de hoje, dia 19, às 11 h 30m, e também por ser uma temática para uma observação cuidadosa.

Quanto à ordem de trabalhos para hoje, “Criação de um Grupo de Recrutamento para a Língua Gestual Portuguesa”, demos uma opinião positiva dado que os docentes que lecionam só em algumas escolas (escolas de referência) são formados pelas Associações de Surdos de Lisboa e Porto, mas não têm qualquer vínculo ao ME.

Assim sendo, é de toda a justiça que possam  agora concorrer às escolas onde lecionam e, seguidamente,  fazer a profissionalização, ficando em pé de igualdade com todos os outros professores nos seus direitos.

No que diz respeito  à progressão aos 5º e 7º escalões, o diploma apresentado não tem qualquer alteração em relação ao anterior, pelo que foi por nós recusado.

No que concerne ao concurso interno antecipado, entendemos que não serve para colmatar as injustiças nas colocações, cometidas pelo ME, aos duzentos e tal professores, por isso sugerimos à Comissão Negociadora que numa 1º fase do concurso interno, fosse só restrito a estes docentes injustiçados e numa 2ª fase concorreriam os restantes.

Outra proposta seria o concurso interno ser anual de molde a fornecer aos docentes a mobilidade desejada, pelo menos enquanto esta “trapalhada” não for corrigida a contento dos professores.

As próximas reuniões terão lugar nos dias 3 e 4 de Janeiro sobre uma eventual reunião suplementar; uma 2ª ronda negocial sobre a Criação de um Grupo de Recrutamento para a Língua gestual Portuguesa, e também a 1ª reunião do reposicionamento na carreira, nos dias 10 e 11 de Janeiro.

Nos dias 24 e 25 de Janeiro teremos uma 2ª reunião sobre a recomposição da carreira.

A Direção Nacional