AEC voltam à 2ª prioridade do concurso-50 mil docentes na Avenida da Liberdade-Reunião Negocial - Projeto de Despacho de Organização do Ano Letivo-Pedido de Mobilidade por Doença para o ano letivo 2018/2019-Parecer do CNE sobre o "Currículo dos ensinos básico e secundário"-Portaria que define os termos e a forma do reposicionamento no escalão da carreira docente-Proposta de Despacho Normativo de Grupos e Constituição de Turmas-Ministério da Educação não apresenta propostas significativas-Horários, condições de trabalho, desgaste, envelhecimento dos docentes e aposentação - Propostas do SIPPEB-1º de Maio - Dia do Trabalhador

Aplicação para requerer o horário de trabalho de meia jornada

Aplicação para requerer o horário de trabalho de meia jornada

Encontra-se disponível no SIGRHE /DGAE a aplicação para requerer o horário de trabalho de meia jornada.

 A meia jornada constitui-se como uma modalidade de horário de trabalho prevista no artigo 114.º-A da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP), aprovada pela Lei n.º 35/2014, de 20 de junho, aditado pela Lei n.º 84/2015, de 7 de agosto.

Consiste na prestação de trabalho num período reduzido em metade do período normal de trabalho a tempo completo, sem prejuízo da contagem integral do tempo de serviço para efeito de antiguidade, implicando a fixação do pagamento de remuneração correspondente a 60 % do montante total auferido em regime de prestação de trabalho em horário completo.

Podem beneficiar da prestação de trabalho na modalidade de meia jornada, os trabalhadores que reúnam, à data em que for requerida, um dos seguintes requisitos:

a. Tenham 55 anos ou mais e netos com idade inferior a 12 anos;

b. Tenham filhos menores de 12 anos ou, independentemente da idade, com deficiência ou doença crónica.

 

Nota informativa – Meia jornada

 

Manual de instruções – Pedido do trabalhador

 

Manual de instruções – Validação do requerimento eletrónico

SIGRHE