Publicado o Decreto-Lei do roubo no tempo de serviço-Presidente da República promulgou contagem de tempo dos professores-Consulta aos Educadores e Professores de 11 a 20 de março - Questionário Online-Concurso Externo/Contratação Inicial e Reserva de Recrutamento-Aviso de Abertura do Concurso 2019/2020-Organizações sindicais de professores entregam Petição com mais de 60 000 assinaturas e reúnem com os grupos parlamentares para entregarem proposta que governo recusou discutir e analisar-Vagas para Progressão ao 5º e 7º Escalões da Carreira Docente-Ministério da Educação convoca reunião para 4 de março; Organizações sindicais pedem esclarecimento sobre agenda concreta-Governo ergue muro de intransigência, mente sobre posições sindicais e bloqueia negociação-Concursos de Pessoal Docente na Região Autónoma dos Açores

Alterações ao Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho – Princípios orientadores da organização e da gestão dos currículos dos ensinos básico e secundário

Alterações ao Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho – Princípios orientadores da organização e da gestão dos currículos dos ensinos básico e secundário

Publicado hoje no Diário da República o Decreto-Lei que procede à primeira alteração ao Decreto-Lei n.º 139/2012, de 5 de julho, que estabelece os princípios orientadores da organização e da gestão dos currículos dos ensinos básico e secundário, da avaliação dos conhecimentos a adquirir e das capacidades a desenvolver pelos alunos e do processo de desenvolvimento do currículo dos ensinos básico e secundário.

Decreto-Lei n.º 91/2013. D.R. n.º 131, Série I de 2013-07-10

Segundo a nota publicada hoje na página eletrónica do MEC, “já foi também enviado para publicação o aditamento ao Despacho Normativo n.º 7/2013, de 11 de junho, que visa dar cumprimento às condições estabelecidas no compromisso assumido pelo Ministério da Educação e Ciência com as organizações sindicais em matéria de distribuição de serviço docente. São definidos mecanismos para o ano letivo de 2013-2014 que possibilitam às escolas promover e implementar as atividades de enriquecimento curricular do 1.º ciclo do ensino básico e que otimizam os recursos docentes existentes que de outra forma ficariam sem componente letiva.”